terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Sobre o método das ações físicas:

O projeto pedagógico de Constantin Stanislavski para a formação do ator denominado “método das ações físicas” sintetiza toda sua experiência acumulada por mais de 30 anos de atividade artística e pedagógica junto ao Teatro de Arte de Moscou.
A partir da elaboração do método das ações físicas, Stanislavski buscava uma interpretação baseada na vida real, que abandonasse os clichês que ocultam a alma humana do ator, e que fosse autenticamente orgânica.
Segundo seu sistema, para alcançar a veracidade na criação do personagem, o ator deve partir de si mesmo, de suas características pessoais, buscando a verdade nas ações físicas mais simples e que resultem mais expressivas, emprestando o seu eu para a lógica de outro, neste caso, a pessoa-papel, o personagem criado. Stanislavski considerava que a verdade das ações físicas levará os atores a acreditarem na cena que estão fazendo, e que essa “fé cênica” mais adiante se converterá no “eu sou”, na ação e na criação.
O método do encenador russo consistia em saber provocar em si mesmo as sensações do momento através das ações físicas que partem da vontade, da intuição e não da especulação que nasce no cérebro. Para Stanislavski:

(...) seria errado considerar a ação física apenas como um movimento plástico que expressa a ação. Não; é uma ação autêntica, logicamente fundada, que busca uma finalidade concreta e que, no momento de sua execução, se converte em uma ação psicofísica. (Stanislavski APUD TOPORKOV, Vladmir O. 1962. P.175) [1]
           
O sistema é necessário apenas para dar liberdade à criação da natureza orgânica do ator, ele queria que os intérpretes fossem sinceros em cena, tendo a capacidade de entregar-se aos acontecimentos da obra com toda fé cênica sem interromper a linha lógica de suas ações, e que conseguissem transmitir uma sensação de verdade, pois a sinceridade em cena seria a qualidade mais convincente da arte teatral.
Ação física pode ser definida como um ato físico em cena que tenha um objetivo definido, uma intenção que o justifique, portanto o ator que queira trabalhar com o método não deve criar nenhuma ação física vazia, ou seja, sem motivação, sem que haja uma autenticidade.Stanislavski considerava que as ações físicas seriam a única coisa que pode ser recordada e fixada pelo ator e que o caminho emotivo não era o ideal, pois as emoções independem de nossa vontade.


Acreditamos que a metodologia elaborada por Stanislavski fornece as ferramentas necessárias para o trabalho do ator na construção de cenas realistas, possibilitando as adaptações para a realidade e necessidade do ator brasileiro e sua sociabilidade.





[1]  Tradução própria.

5 comentários: